Os Tripes do Brasil
Identificação, Informações, Novidades

Charassothrips incomparabilis

Charassothrips incomparabilis (Johansen, 1983: 104).

Referência original: Johansen RM (1983) Nuevas trips (Insecta: Thysanoptera; Terebrantia, Thripidae, Thripinae) de La Sierra Madre Oriental y del eje Volcanico Transversal de Mexico. Anales del Instituto de Biologia. Universidad Nacional de Mexico 53: 91–132.

 

Família

Thripidae, Thripinae

 

Informações sobre nomenclatura

http://thrips.info/wiki/Charassothrips_incomparabilis

 

Diagnose

Corpo bicolorido; cabeça, tórax e tergitos abdominais I–II castanhos, III–X amplamente amarelos com marcas castanhas medialmente; todos os tarsos e tíbias anteriores amarelos; segmentos antenais V–VIII castanhos; asas anteriores fortemente escurecidas mas marcadamente mais claras na base. Cabeça fortemente reticulada, com três pares de cerdas ocelares pequenas. Antena com 8 segmentos, III & IV com cones sensoriais bifurcados. Pronoto sem cerdas longas; fortemente reticulado, retículas com fracas marcas internas. Espínula mesotorácica presente mas pequena; endofurca metatorácica sem espínula. Metanoto com reticulação poligonal; sensilas campaniformes ausentes; cerdas medianas localizadas atrás e distantes da margem anterior. Primeira  fileira de cerdas das asas anteriores incompleta, segunda fileira completa; cerdas largas e sulcadas longitudinalmente. Terços laterais dos tergitos abdominais I–VIII com várias linhas transversais de esculturação com microtríquias; craspeda completo, denteado lateralmente mas liso medialmente; II–VI com um par de cerdas medianas curtas e distantes entre si; VIII com um pente posteromarginal de microtríquias longas. Esternitos sem cerdas discais, com três pares de cerdas marginais longas ligeiramente à frente da margem posterior. Ambos os sexos macrópteros.

 

Machos com placa porosa pequena na região antecostal do esternito abdominal III.

 

Variação intraespecífica

O par de cerdas medianas nos tergitos II–IV às vezes é mais longo com as cerdas próximas entre si.

 

Informações do gênero e espécies similares

O gênero Charassothrips inclui cinco espécies, todas descritas dos Neotrópicos e com reticulação aparente na cabeça e tórax. Os tergitos abdominais também possuem um craspeda posteromarginal bem desenvolvido. C. incomparabilis pode ser reconhecido pelo abdômen bicolorido e cerdas das asas anteriores largas. Goldarazena & Mound (2010) forneceram uma chave para as espécies de Charassothrips do mundo.

 

Distribuição no mundo

Descrita do México, é também registrada no Brasil e Costa Rica.

 

Distribuição no Brasil*

São Paulo.

*Dados da literatura e dos autores

 

História de vida

Vive em inflorescências de Piper.

 

Importância econômica

Sem registro.

 

Referências sugeridas

Goldarazena A & Mound LA (2010). A new species of Charassothrips Hood from Colombia (Insecta, Thysanoptera, Thripidae) with an updated key to the known species. Journal of Insect Science 10 (70): 1–10.

Mound LA & Marullo R (1996) The Thrips of Central and South America: An Introduction. Memoirs on Entomology, International 6: 1–488.


Publicado em: 23/12/2016
Postado por: Mariana Lindner

Galeria de fotos:

Atendimento


Brasil, Rio Grande do Sul, Rio Grande

Campus Carreiros: Av. Itália km 8

Bairro Carreiros



(51) 9812-37076


cavalleri_adriano@yahoo.com.br

Curta nossa Fan Page

Thysanoptera © Todos Direitos Reservados 2022

Facebook Instagram Linkedin

Hostche - Criação de Sites