Os Tripes do Brasil
Identificação, Informações, Novidades

Scolothrips sexmaculatus

Scolothrips sexmaculatus (Pergande, 1891: 539).

Referência original: Pergande T in Duffey JC (1891) Footnote to "Transformation of a carabid (Plochionus timidus), and observations on a coccinellid enemy of the red spider". Transactions of the Academy of Sciences of St Louis 5 (3–4): 533–542.

 

Família

Thripidae, Thripinae

 

Informações sobre nomenclatura

http://thrips.info/wiki/Scolothrips_sexmaculatus

 

Diagnose

Coloração amplamente amarela mas tórax e tergitos abdominais com marcas cinzas lateralmente; segmentos antenais I–II amarelos, III–VIII cinzas; asas anteriores amplamente claras com três pequenas faixas transversais escuras, basalmente, medialmente e subapicalmente. Cabeça com três pares de cerdas ocelares, par III muito longo e situado nas margens anteriores do triângulo ocelar. Antenas com 8 segmentos, III & IV com cones sensoriais bifurcados. Pronoto retangular, com poucas linhas transversais de esculturação e seis pares de cerdas muito longas. Espínulas meso e metatorácica bem desenvolvidas. Metanoto fracamente reticulado posteromedialmente; sensilas campaniformes ausentes; dois pares de cerdas, par mediano muito longo e situado na margem anterior. Tarsos com dois segmentos. Asas anteriores com as duas fileiras de cerdas interrompidas. Tergitos abdominais II–VII com um par de cerdas medianas curtas e distantes entre si; tergito VIII sem pente posteromarginal de microtríquias ou craspeda. Esternitos sem cerdas discais e com três pares de cerdas posteromarginais longas, par mediano no esternito VII situado submarginalmente. Ambos os sexos macrópteros.

 

Machos com placas porosas transversais nos esternitos abdominais.

 

Variação intraespecífica

A cor do corpo é presumidamente variável, e formas claras coletadas no Brasil podem representar um extremo gradiente de S. sexmaculatus. De acordo com Hoddle et al. (2008), essas diferenças na coloração podem ser devidas às condições ambientais durante o desenvolvimento larval, incluindo temperatura e o tipo de presa consumida.

 

Informações do gênero e espécies similares

Esse gênero do Velho Mundo é composto por cerca de 15 espécies, e seus membros podem ser facilmente reconhecidos pelos seis pares de cerdas pronotais incomumente longas. Entretanto, a identificação de espécies nesse grupo é difícil e baseia-se fortemente em características relacionadas com a coloração. Em S. sexmaculatus os tergitos abdominais II–IV são escurecidos medialmente mas amarelos lateralmente, e os tergitos V–VII são geralmente claros ou fracamente escurecidos.

 

Distribuição no mundo

Descrita dos Estados Unidos, essa espécie de tripes foi registrada em vários lugares do mundo. Entretanto, a identificação dessa espécie não é segura e alguns dos registros podem não estar corretos.

 

Distribuição no Brasil*

Bahia, Goiás, Rio de Janeiro e São Paulo.

*Dados da literatura e dos autores.

 

História de vida

Predador de ácaros folífagos da família Tetranychidae e de outros tripes. Adultos são frequentemente coletados de plantas da família Fabaceae.

 

Importância econômica

Às vezes utilizado como agente de biocontrole de ácaros e tripes pragas.

 

Referências sugeridas

Mound LA (2011) Species recognition in the genus Scolothrips (Thysanoptera, Thripidae), predators of leaf-feeding mites. Zootaxa 2797: 45–53.

Priesner H (1950) Studies on the genus Scolothrips (Thysanoptera). Bulletin de la Societe Royale entomologique d'Egypte 34: 39–68.


Publicado em: 17/06/2017
Postado por: Adriano

Galeria de fotos:

Atendimento


Brasil, Rio Grande do Sul, Rio Grande

Campus Carreiros: Av. Itália km 8

Bairro Carreiros



(51) 9812-37076


cavalleri_adriano@yahoo.com.br

Curta nossa Fan Page

Thysanoptera © Todos Direitos Reservados 2022

Facebook Instagram Linkedin

Hostche - Criação de Sites